Carro oficial é usado para serviço particular de ministra
12/04/2005

Desvio de finalidade

O carro oficial do Superior Tribunal de Justiça que serve a ministra Fátima Nancy Andrighi foi flagrado, na segunda-feira (11/4), sendo usado para compra e carregamento de materiais de construção para a reforma do seu apartamento. Antes do almoço, ainda parou no supermercado. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

A ministra responsabilizou o motorista pelo uso ilegal do veículo. "É um absurdo. Eu lamento profundamente a falta de cuidado do motorista. Ele usou o carro sem minha autorização, contra a minha orientação", disse a ministra ao jornal.

De acordo com ela, o motorista tem ordens para usar seu carro particular para tarefas domésticas como essas. "Eu não tenho como controlar tudo, o trabalho, os processos, os assuntos domésticos", afirmou. Ele, no entanto, disse que o desvio de função foi "ordem" da própria ministra.

O motorista foi visto em loja de material de construção ajudando a colocar no porta-malas do Ômega preto, placa JFQ 4225, sacos de areia e cimento. O porteiro do prédio da ministra confirmou a reforma.

A empregada doméstica da ministra informou que o motorista e o carro geralmente ficam à disposição da casa. Segundo ela, Andrighi foi ao trabalho de carona na segunda-feira.



Revista Consultor Jurídico, 12 de abril de 2005